jump to navigation

Conheça algumas das casas mais estranhas do mundo 06/01/2009

Posted by garotaveneno in Fatos inusitados.
Tags: , ,
trackback

A inauguração oficial da “casa deitada” de Belo Horizonte, no Natal, inclui o Brasil na lista dos países com casas fora dos padrões arquitetônicos considerados normais. Fruto de um sonho que o advogado Eduardo José Lima, de 64 anos, teve em janeiro de 2008, ela foi erguida ao lado da outra casa do advogado – esta construída de ponta-cabeça. A casa com telhado para baixo tem sala, copa e duas suítes. A outra, com telhado de lado, tem duas suítes. As duas casas têm área total de 152 m². A obra custou cerca de R$ 180 mil e virou atração turística na capital mineira. 

Mais humilde, outra edificação inusitada atrai curiosos em Madre de Deus, a 50 km de Salvador, na Bahia. O prédio tem 11 metros de altura, 16 metros de fundos e apenas 1,1 metro de largura na frente (a parte traseira do edifício tem 3 metros de largura). A “casa-palito” tem três suítes (sendo uma “suíte presidencial com varanda” no último andar, segundo o proprietário) e abriga seis pessoas.

A “casa-bolha” de Tourrettes-sur-Loup, na França, tem só 35 anos e ainda não está totalmente pronta, mas, mesmo assim, o ministro da Cultura a incluiu em uma lista de monumentos históricos. A casa foi desenhada nos anos 70 pelo arquiteto húngaro Antti Lovag para o estilista Pierre Cardin. Em São Paulo, também há uma casa em forma de bolha, mas não é tão radical com a francesa nem fica às margens do Mediterrâneo. 

No início, o ex-gângster e ex-milionário Nikolai Sutyagin tinha a intenção de erguer um sobradinho de madeira em Arkhangelsk, na Rússia. Mas uma viagem ao Japão e à Noruega, onde observou várias casas de madeira, o convenceu a ir para o alto e avante. “Primeiro acrescentei três andares, mas a casa ficou desengonçada, parecia um cogumelo. Então ergui mais um. Mas ainda não ficou bom, e eu continuei”, conta. “O que vocês veem hoje é um feliz acidente.” Acidente que pode acontecer mesmo a qualquer momento – os andares superiores estão se deteriorando. Nikolai, que perdeu sua fortuna enquanto esteve na prisão, vive no andar térreo com a mulher.

 

O empresário e filantropo polonês Daniel Czapiewski construiu sua “Upside Down House” (“casa de cabeça para baixo”) na vila de Szymbark como um manifesto “contra o comunismo e o fim do mundo”. Sobre ela, diz-se que sua execução quase enlouqueceu os operários por causa dos ângulos das paredes. E que, do lado de dentro, a casa é capaz de provocar enjoos e tonturas nos turistas em poucos minutos. 

Ela é considerada a única casa do mundo em forma de vaso sanitário. Foi construída como marco do lançamento da World Toilet Association, uma campanha que pede mais banheiros ao redor do mundo. Fica em Suweon, na Coreia do Sul. O proprietário, Sim Jae-duck, nasceu em um banheiro – e hoje mora na “casa-privada”. 

A “casa-sapato”, na África do Sul, foi um presente do artista Ron Van Zyl para sua mulher. Erguida em 1990, faz parte de um complexo com oito chalés, acampamento, restaurante, piscina e bar.

 

 

Este celeiro, que parece estar se equilibrando “em um pé só”, fica supostamente na Ucrânia. Existem outros com o mesmo princípio arquitetônico nos Estados Unidos, especialmente na região dos Apalaches (cadeia de montanhas que vai de leste a nordeste do país), mas nenhum com um visual tão chocante.

A “Space House” foi construída por Curtis King e seus filhos nos anos 70 em uma montanha do Tennessee (Estados Unidos). Seis pilares de concreto imitam os mecanismos de aterrissagem dos discos voadores tal como eles são mostrados nos filmes de ficção científica. A casa foi vendida em um leilão em março de 2008, mas o comprador deu o cano. Em dezembro, ela estava novamente à venda “pelo preço que o público estiver disposto a pagar”.

Esta casa de linhas tortas, que parece mole como gelatina, foi inspirada nos desenhos de dois artistas poloneses seguidores das linhas excêntricas do espanhol Salvador Dalí. Faz parte de um shopping na Polônia.

 

Garota Veneno: Fiquei me imaginando dentro da casa-palito. Eu conseguiria passar algumas horas, talvez várias horas, mas passar a noite?! Nem que a vaca tussa! Sinto falta de ar só de me imaginar dormindo lá dentro. Que loucura! 

 

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: